05/03/2013

Resenha: A Rainha da Fofoca



Olá queridos leitores.
A resenha de hoje é de um livro divertidíssimo que faz parte da lista de um  desafio literário que estou participando. Meta de Fevereiro cumprida!



Nome: A Rainha da Fofoca
Nome Original: Queen of Babble
Autora: Meg Cabot
Editora: Galera Record
Ano: 2008   Páginas: 431
ISBN: 8501075978

Este é o primeiro volume da série A Rainha da Fofoca e conta a história de Lizzie Nichols, uma garota que recentemente “se formou” na faculdade, mas que não tem a mínima idéia do que fazer de agora em diante. Ela usa o dinheiro da formatura em uma viagem para visitar o namorado que conheceu há apenas três meses, mas isso não é nada.
O maior problema de Lizzie é que ela não consegue guardar nenhum segredo e isso a coloca em situações complicadas e a única maneira de parar de se meter em confusões será usar a fofoca para algo bom e a aprender a se controlar mais. Porém até isso acontecer, ela ainda irá passar por muitos constrangimentos.

Esse livro é bem divertido, ri do começo ao fim com as atrapalhadas e os devaneios da protagonista; ela é hilária, nunca vi uma personagem tão avoada quanto a Lizzie, sério... E aquela língua solta dela? rs. Como ela é fofoqueira e completamente sem noção! Fiquei pasma com as coisas que ela fez, só mesmo sendo muito doida para se meter em tantas confusões :p
Um fato que me fez adorar esse livro foi a narrativa; ela é leve, adulta e engraçada pois toda a história é contada sob a perspectiva de Lizzie. Também gostei porque se trata de um dos chick-lits mais adultos da Meg Cabot, às vezes é bom ler alguma obra deste gênero um pouco mais ousada para diversificar. E o final de A Rainha da Fofoca só me deixou mais curiosa para ler a continuação, espero poder lê-la em breve.
Quanto aos demais personagens, eles também foram bem engraçados; me diverti principalmente com a avó da protagonista, ela é uma senhora sincera, de mente aberta e bem doidinha rs. Mas se teve um personagem que me fez torcer pela sua felicidade foi o Luke, o achei o par perfeito para a Liz.
Sem dúvida alguma esse livro me surpreendeu, não achei que fosse gostar tanto! Definitivamente a Meg é uma diva e escreve ótimos chick-lits. Até agora só teve uma série dela que me desanimou, mas em compensação, as outras que tive a oportunidade de ler foram fabulosas.
Em suma, a Rainha da Fofoca é uma boa pedida para os leitores que apreciam livros engraçados e bem escritos. Portanto não percam a oportunidade de ler essa série!




“ Ai, Meu Deus, aquele ali não pode ser ele, pode? Não. É claro que não. Não claro que não é. Porque ele estaria usando uma jaqueta daquelas? A menos que esteja sendo irônico. Ou que seja o Michael Jackson, claro. Ele é o único homem que me vem a mente que usaria couro vermelho com ombreiras. A menos que fosse um dançarino de Break profissional. NÃO PODE ser ele. Ai, Meu Deus, por - favor, não permita que seja ele...Ai, não, ele está olhando para cá (...) Não me seqüestre, não me seqüestre, não me seqüestre...Espere, que negócio é esse aqui? Um ponto de encontro. Ah, maravilha!  Serviço ao cliente! É o que vou fazer: Vou mandar um recado para Andrew. Assim ele pode vir aqui me encontrar. E vou estar a salvo do Jaqueta Vermelha de Dançar Break; ele não vai ter coragem de me seqüestrar e me mandar para a Arábia Saudita na frente do cara que dá os recados.”

“ E se o encantador e belíssimo Jean-Luc for algum tipo de serial-killer! Que caça americanas vulneráveis em trens estrangeiros, transmite a elas uma falsa segurança e então as mata quando chegam ao seu destino? E se ele tiver algum tipo de foice ou garrote naquele porta-roupa? Pode ter, totalmente. O troço parece terrivelmente volumoso. Volumoso demais para conter um terno formal ou uma camisa social.Olho ao redor e vejo que o ultimo carro do estacionamento está se afastando, junto com o ônibus para Sarlat e assim ficamos sozinhos na plataforma, totalmente sozinhos.”

“E,então ele estica o braço, puxa meu corpo para perto dele e começa a me beijar. Estou absoluta e completamente chocada. Não entendo o que está acontecendo.Quer dizer entendo sim...Mas não faz o menor sentido. Luke de Villiers está me beijando. Os braços de Luke de Villiers me apertam com tanta força contra as suas costelas, quanto as suas batem contra as minhas. Os lábios de Luke Villiers dão mil beijinhos de leve nos meus.”

Beijos.



9 comentários:

  1. Oie :)

    Nossa agora você me fez ficar com vontade de ler esse livro viu sinceramente kkkkkk , estou louco para ler Meg Cabot é quem sabe começo por esse , beijos !!

    euvivolendo.blogspot.com ( comenta lá :D )

    ResponderExcluir
  2. Olá Alinne, tudo bom?
    Amo a Meg! E você me fez ficar com mais vontade de comprar esse livro, melhor marcá-lo logo como desejado né? hahahahaha
    Ótima resenha, parabéns!

    Já conhece o Endless Poem né?
    O blog está de cara nova, e por isso vim te convidar para prestigiá-lo
    Dá uma passadinha por lá e confere!
    Sua presença sempre será muito bem vinda e fique à vontade para comentar sobre tudo por lá!


    http://endless-poem.blogspot.com.br/


    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Eu sou muito curiosa para ler esse livro!
    Meg Cabot é linnda e Chick-list é um gênero muito prazeroso de leer!
    Fico cada vez mais curiosa para ler esse livro a cada resenha que leio <3 hehe

    Beeijos,
    http://isteh.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. ahhh!! AMO Meg Cabot e amei esse livro!
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Alinne!
    Esse é um dos melhores da Meg, na minha opinião! Acho que dos chick-lits dela, é meu favorito!
    Se você já ficou curiosa pela continuação no final desse, você vai surtar no próximo!
    O segundo eu não achei tão engraçado, mas eu gostei mais da história!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  6. Sou louca pelos livros da Meg
    Tenho muita vontade de ler todos
    E esse já esta na lista

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi Alinne! Adorei sua resenha, já me deu vontade de rir imaginando a personagem e vou anotar aqui na minha lista, até por que nunca li nada da autora. Essa história parece ótima para relaxar.

    Beijos

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/2013/03/resenha-jogos-vorazes-de-suzanne-collins.html

    ResponderExcluir
  8. Apesar de amar a Meg, ainda não li nenhum livro dessa serie. Mas já li tantas resenhas positivas dele, que ele está subindo na minha lista de prioridades.

    http://valvula-de-e5cape.blogspot.com.br/
    @valvuladee5cape

    ResponderExcluir
  9. Oie!
    Eu sou louk para ler este livro e sua resenha só aumentou minha vontade de ler.
    Pela sua descrição achei parecido com o livro "Os segredos de Emma Corrigan" da Sophie Kinsella. Já li e ameii. Acho que irei gostar deste.

    Bjinhs*

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante!
Por isso comente! Deixe sua opinião ou sugestão.
Se tiver alguma rede social ou blog, comente pela opção Open ID.
Se for comentar como anônimo, deixe seu nome para que eu possa te identificar e entrar em contato.
E Seja Bem Vindo!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...